Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A recordação é assim, uma adaga de duas lâminas. Tanto pode envenenar o espírito, matando-o lentamente, como pode dar-lhe abrigo de tremendas moléstias;
" anjo do meu Inverno, em dor e angústia,
um abraço resguarda o meu amor, esta paixão tão absurda e real
o tempo de esquecimento desvaneceu-se, em eras sem Sol,
um oceano de lágrimas já vi,
transformado em uma noite de carícias,
choro transtornado, ainda assim, em silêncio de  escuridão
mesmo quando assassinada foi a nossa santidade,
mesmo quando permaneceu o vazio, sem a culpa
pálidas sombras de deus, nós
abandonamos a luz, que tanto nos cegou
nada no prende a esta doce cegueira
abraça-me, dá-me a tua escuridão
afasta-me deste entardecer da alma,
dá-me abrigo, protege-me da melancolia de nada desejar "

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:







topo | Blogs

Layout - Gaffe