Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

 

Delírios de um alucinado ...

 

 

Arrasto os pés nas areias de um sul solarengo

Mas tenho a cabeça presa ás montanhas do norte

         

Botas arrastando-se pelo pó do sul

Enquanto a cabeça dorme nas  montanhas do norte

 

Os teus olhos aprisionam

Creio que preciso de ajuda, sinto-me tonto

 

E continuo a pensar na tua noite, imaginando o paraiso

Permaneço artefacto, teu poiso para voar na escuridão

 

Ontem à noite vi-te nua

Pairando por cima de mim

 

Estavas nua e ouvi que murmuravas um encantamento a um lobo

Que uivava para uma lua manchada de negro

 

Onde está a minha cabeça?

Onde!? ...

 

 

( Fucked up drowsiness ...)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)







topo | Blogs

Layout - Gaffe