Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Façam um favor a vós mesmos: fiquem em vossas casas! Na segurança do vosso lar. Quente e complacente. Para vosso próprio bem, sejam submissos e deixem que outros decidam por vocês. Saiu há bem poucos dias o último modelo da Nokia - é tão belo! Foi mesmo feito para os dedos delicados das senhoras. Não é melhor passar os dias a teclar nessa maravilha? A estudar as imensas possibilidades da tecnologia?  Vamos lá a ver; andar pelas ruas a provocar desordem é coisa de arruaceiros. A policia que trate do caso. Por mim,  desde que haja dinheiro está tudo bem. Se passam fome, se exigem melhores condições, se querem mais justiça, que o exijam com ordem. Infelizes.

 

 

Deveria lembrar-vos que tudo está à vossa disposição? Deverei mostrar-vos o caminho? Canais com música 24 horas por dia, ditam a moda. A submissão. E não chega? Uma seringa, um inspirar do pó dos anjos, uma nova ilusão, chega? Já agora mais um crédito, vai?

Tudo o que quiserem para ficarem em casa. Deixem as ruas para os vadios. Eles não lutam por nada. Apenas pretentem o impensável. Mudar o mundo. Tentar uma nova via. Que morram! Deixem que a situação se remedie com pobreza ... desde que não seja a vossa.

 

 

É fácil. Muito fácil. É só ficarem em casa, junto ao vosso computador. Junto ao vosso carrinho jeitoso. É canja. Sair para a rua e protestar pode levar-vos à prisão. Pode partir-vos a cara! A sério. Sejam racionais. E depois até podem indignar-se. Desde que isso não passe de meros arrufos de insolência. Até é radical e cool. Sempre mostram alguma actividade cerebral. Muito acima do gado que gostam de ser. E de se comportarem.

Fiquem em casa. sejam obedientes e o papá dará um mimo. A mãezinha compensará. Ah, e não queiram estudar! Nunca. É preferível ganhar dinheiro. E ser como os vossos ídolos. Lindos e ricos.

 

 

Devo dizer que eu não falo por falar. Tenho observado alguns destes protestos e em várias partes, fora de Portugal. Não condeno a polícia nem defendo quem protesta. Não digo a polícia seja toda igual. Mas quem se indigna não é meramente arruaceiro. Não o faz apenas para causar caos. São revoltados. Fartos  da corrupção e  da ganância. Fartos de ser governados por uma bando de incapazes. Pressinto que não haverá retorno. Sei que irá confirmar a teoria de F. Nietszche: para que se altere os estado das coisas é preciso que se lute. O caos é necessário para modificar a sociedade. E se esse dia chegar e eu ainda fôr vivo, sei de que lado estarei.

Autoria e outros dados (tags, etc)







topo | Blogs

Layout - Gaffe