Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Pensamentos ao acaso ...

 

 

Feel Warm, até  hoje apenas uma única pessoa foi capaz de  dizer "amo-te", olhando-me olhos nos olhos. Sem pestanejar ou baixar os olhos. Naquele segundo, senti  verdadeiramente que tinha de alargar o espaço do meu coração. Aquela palavra tinha de caber em mim. Tinha de caber.

 

"Alguns dias deviam ser para rir. Deixar a máscara cinzenta que cobre a fachada do rosto. Memorizar coisas tão básicas como o calor das mãos e a sobriedade do acenar da cabeça em concordância. Mas em vez disso, iniciamos o fogo. A maldita têndencia para incendiar."

 

Contagioso, onde quer que esteja, é preciso continuar. Para além das cicatrizes. Até quando tudo parece bem melhor. Porque afinal, não é a gravidade que reclama as lágrimas? Lembro-me da forma como tudo é negado. Como me sinto miserável a tentar pintar um quadro perfeito. Assumir a arrogância de tentar outras cores.

 

"Em boa hora alguém escolheu afastar-se do contágio. Voltar à superficie e respirar o seu dia em perfeição. O frio nunca foi ideal para peças de porcelana. Mas então, porque deixou de sorrir? Por alguma maleita infame, há criaturas que apenas brilham na escuridão. Por muito que o neguem."

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)







topo | Blogs

Layout - Gaffe