Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



 

"Se for preciso a noite será feita por medida. A luz do dia, servida na dose necessária. Creio que será um tónico sublime, poder olhar-te até ao nascer do dia.

Morrerei na  escuridão, se necessário se tornar. Para poder calvalgar a teu lado. Em pálidas montadas. Nem um gemido meu escutarás, nem uma lamúria."

 

"A companhia faz-se paixão. A amizade fez-se abrigo. A tua força tornou-se no meu espanto. E em todos estes dias, incapaz de te absorver, sei que rasgaria todas as minhas virtudes por ti.

Mata-me! E morrerei feliz."

 

"Existe, em ti, uma gota de esperança. Mesmo nas horas mais agrestes da vida. Chega para me saciar, encher de vontades.

Há algo em ti que pulsa a um som que não deseja desespero. Mesmo que te bata à porta do coração. Ainda que te humedeça o rosto.

Por mais que me interrogue ou procure, não consigo descobrir a fonte de tamanha força. Talvez seja porque as aparências iludem"

 

"Não te dedico nada. Porque tudo o que tenho de bom é teu. Comigo só ficou esta raiva e este rancor. Só restou esta falta de vontade de olhar para o lado. Este orgulho que nunca conseguiste dominar, mas que tão bem compreendes."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.02.2017 às 10:51

Mais uma frase que remexe entranhas; " a fonte de tamanha força".

Tenho procurado ao longo do caminho, o lugar da fonte onde me abasteço ( forçosamente terei que me abastecer) e não o consigo localizar...
Um dia destes ouvi uma frase que me encaminhou: " somos as responsabilidades que assumimos", para de seguida me perguntar onde mora a assunção da responsabilidade, e não encontrei o lugar...
Um caminho permanente. De resistência.

Comentar post







topo | Blogs

Layout - Gaffe