Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Como me dá vontade de rir quando oiço afirmarem com pompa e circunstância, que a verdadeira felicidade reside na procura da "paz interior". Uma grande vontade de rir se instala ao ouvir falar em "grandeza espiritual", como alicerce fundamental da uma vida que se pensa cheia dos frutos da  sabedoria!

Ora, tudo isto num mundo de cegos e surdos ao que nos rodeia. E quando a famosa "paz interior" não chega ou a "grandeza espiritual" não passa de uma triste ilusão, chamam-lhe "mal". Ou "pecado". Não existem outras palavras, a meu ver, que possam assemelhar-se mais à leviandade e irreflecção destas pessoas.

A "paz interior" como conceito é meramente estético, a meu ver. Veja-se, é só para parecer bem. Apenas para emanar uma aura de sabedoria na procura de algo tão impossivel como a paz interna. E associar essa mesma "paz interior" com a verdade é ainda mais ridículo! Desde quando saber a verdade sobre algo nos traz realmente paz? Desde quando eu, à medida que vou descobrindo as verdades sobre mim e sobre os outros, vou ficando mais pacificado? Antes pelo contrário, vou querendo sempre mais. Vou ficando mais sedento. Não existe "paz interior" que resista.

 

E que dizer dessa famosa "grandeza espiritual", tão agraciada por todos? Um ingénua tolice. Um devaneio romântico que pagamos caro. Porque somos todos moralmente corruptos. Porque a nossa última obssessão passa pela sobrevivência pessoal, quer a nível mental quer a nível fisíco. E quando cedemos aos impulsos e deixamos que outros nos submetam, é apenas para ganhar oxigénio. Claro, podemos sempre chamar-lhe dedicação aos outros, entre outros nomes.

Os que tentam de  facto, ajudar em solidariedade, os que são sinceros consigo próprios nesta entrega, não precisam de se gabar. Não querem agradecimentos e nem sequer lhe chamam altruísmo. Aliás, nem sequer lhe chamam "grandeza espiritual"; porque sabem que essa aberração é um conceito inventado por criaturas incapazes. 

Autoria e outros dados (tags, etc)







topo | Blogs

Layout - Gaffe