Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Por vezes sorrio; consigo fazê-lo.

E vejo o mundo com outras cores. Sei que tenho algo para dar e receber. Tenho objectivos, metas e pistas de ideias e esperanças por preencher. Torna-se fácil respirar numa cultura destas, onde tudo parece verdadeiro e equilibrado. Tudo se encaixa e pertence a algo. Quase dá vontade de perdoar o que nos rodeia, tais são as imposições desta cultura. Deste fogo de artifício, deslumbrante aos olhos.

 

Outras vezes desconfio; na maior parte das vezes, não confio.

Porque nada é o que deveria ser. Tudo parece algo, mas sei por antecipação que vou sofrer. Sei-o por experiência pessoal. Por isso também sei como as aparências iludem. Como vai ser inevitável que sofra. Com as minhas falhas e com as lacunas dos outros.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:







topo | Blogs

Layout - Gaffe