Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O que me custa mais aceitar é a passividade. Odeio-a! Com todas as minhas forças.

Uma coisa é aguentar, resistir. Outra é baixar a cabeça e deixar que mais uma vez a nossa vontade seja destroçada.

Vejo coisas claramente. Vejo como certas pessoas se limitam a respirar e deixar passar os anos. Manter uma postura em nome de uma mentira.

Vejo, claro. Como comem no prato que outros recusam. Engolem em seco e em sentimento, em passividade, derrotadas.

E não as vejo a ganhar velocidade. Nem a tentar outras estradas. E ainda me apresentam a sua compaixão. Como se eu estivesse louco nesta minha vontade de afastamento.

Falam de chuva e tristeza. Afirmam como sabem de solidão. Mas não as vejo tirar os olhos do chão. Como se tal fosse a condição ideal, como se a passividade fosse o caminho.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Imagem de perfil

De Ocupadíssima a 01.03.2013 às 13:20

É isso...em passividade, derrotada ñ apenas desmoralizada. A passidade pode ñ ser o caminho, mas qual é o caminho? .
O que vejo? Ñ é com certeza, o meu ñ é

Comentar post







topo | Blogs

Layout - Gaffe