Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



"Que existe uma estranha forma de magia no toque dos teus lábios ...

No entanto faz-me sofrer. Deveria consolar-me, tal é a forma como esse beijo sonda a minha alma. Mas apenas estilhaça em mil partículas o que deveria permanecer quente e afectuoso.

Quando os teus dedos viajam pela minha face, muito para além de um sereno arrepio, fica a saudade. Fica a falta de algo. O vazio que ecoa. E a vontade de tomar de assalto a tua beleza.

Não chega. Preciso de muito mais.

E por suprema e maquiavélica ironia, só tu podes concedê-lo."

 

"Hoje, a noite foi de esquecimento. Talvez pelo turbilhão do teu corpo. Se calhar pelo sussurro da tua voz. Perdi-me. E a ponto de não querer voltar a encontrar-me.

Quis que assim fosse. Banhado pela radiância da tua estranha mistura. Afinal, também tenho o direito a sonhar.

O brilho dos teus olhos na escuridão tosca? Umas das minhas verdades absolutas! Por muito náufrago que me sinta: uma das minhas verdades absolutas."

 

"Por cada rasgão e por cada pinga de sangue que me pertencem, de ti recebo o profano bálsamo de sôfrega cura. Se a minha voz se propaga segura e orgulhosa é apenas porque tu há muito construíste as escarpas por onde ecoa.

Por mim, o inverno seria eterno e o céu estaria para sempre coberto de esuridão, apenas porque tu me relembras todos os dias como é vital o calor e a luz do sol."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Mariella a 04.05.2013 às 16:18

felizmente, existem pessoas que conseguem fazer-nos sentir mais felizes e menos sozinhos, se assim não fosse estaríamos todos perdidos.
como sempre um belo texto e agradeço as tuas palavras. são sempre de grande valor para mim. beijinhos.

Comentar post







topo | Blogs

Layout - Gaffe