Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Grita que me queres,

que não me deixarás emudecer

que me abraçarás, afastando a loucura

que me amarás, agora, porque me abandono!

 

E nas tua mãos me entrego, indefeso

para que possas curar-me, porque estou doente

porque respirar é isto, areia na garganta,

afogar é isto, humidade corrossiva

 

Canta-me a melodia da dor,

sei que a sabes à letra

por mim, a recitas solene

revigorando a minha vontade

 

Lembrando-me de outras horas,

de que afinal, sou humano

que esta chaga que me esmaga

apenas me atrasa, para o que anseio:

limpar a minha alma.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:







topo | Blogs

Layout - Gaffe