Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Assistir, impávido e sereno

Ao fim.

Morte assistida. Exorcisada. Final.

Por vontade, assim seja.

Morte. Sem fome. Sem peste.

Um fim. Absoluto. Real.

Porque nada é eterno. Apenas um sinal.

Sem paraíso. Sem inferno. Nada.

Serena trova, a Morte.

Tão esquecido. Tão desiludido. Mortal.

Que até no entardecer da vida, seja doloroso.

Poder olhar o céu. Uma última vez. Que é tarde.

Ver o vazio. Sem vida. Uma quimera. Amarga quimera.

Morte. Onde posso repousar. Pôr um fim a este resto de permanência.

Jazendo. Sem sentido.

Finalmente sabendo. O fim é mesmo o fim.

Não se abrem portões de ouro. Não se ilumina o corredor.

... Acabou.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:







topo | Blogs

Layout - Gaffe