Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Na tua beleza, a minha fragilidade.

Exausto. Pelo esforço.

A tua pele. Que brilha. Húmida.

Fecho os olhos. Ternos, os teus suspiros.

Lúxuria que assusta.

Doce é o teu arfar. Pelo meu, saboreado.

Não falas. Não interessa.

E através desta meia luz, tremem as minhas mãos.

Pela meia luz do teu corpo.

 

Leva-me. Leva-me. Para onde desejares.

Em ti. Amarra-me. A ti. Faz o que quiseres.

Com estas luzes suaves. Pela escuridão. Juntos.

O teu corpo suave. Quente. No chão.

Paixão. Enquanto choras. Prazer.

Morreria agora. E morreria feliz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:







topo | Blogs

Layout - Gaffe