Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Abriste-me a alma,

Petrifiquei o que desejava, por ti

Violaste a minha consciência, bendita sejas!

Deste-me demónios e anjos, demonologia privada

Léxico maldito, emoções cheirando a pecado,

 

Língua, suave, no pescoço

Sussurros, olhos cerrados, tão fechados!

Lentamente, junto-me a ti, devagar

Duas criaturas em harmonia, sentidos embriagados,

 

Rasgaste-me a paixão,

Matemática de equações impossiveis

Só a alma a compreende, só a ela responde

Um veneno que devo tomar,

Purga de sentimento, anseio pelas tuas unhas,

Cravadas em mim ....

Autoria e outros dados (tags, etc)







topo | Blogs

Layout - Gaffe