Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Talvez quando a senilidade aparecer de mansinho eu me detenha e por isso tente ler-te o corpo nú. Pode ser esse o meu desígnio e imaginar isso necessitará de muita destreza, coisa que ainda não tenho. Mas, por agora, tempo entre as mãos é coisa que eu disponho e tenciono sentar-me neste ponto. Olhar para trás em vez de ver em frente.

Por agora, quero apenas esse caminhar profano, deixando-me na morte latente de quem se torna incapaz de proferir outros sons que não sejam os de uma criatura curva, fora da luz do teu rosto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Autumn a 01.02.2014 às 22:25

olha o tom waits!

entendo perfeitamente que fazemos certas coisas inconscientemente mas acho que as pessoas deviam de ligar menos ao que eu tenho vestido e mais ao que eu tenho para dizer porque honestamente se o homem não me tivesse dito aquilo eu tinha reagido de um modo completamente diferente com ele.

Comentar post







topo | Blogs

Layout - Gaffe