Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

 

 

* Ausência de peso...*

 

 

 

Nunca deixei de admirar os teimosos que insistem no bem-vindo à entrada de casa. Resistentes que persistem nas palavras escritas antes de entrar. Mesmo que, em nome de uma limpeza, seja necessário o esfregar de solas, conspurcando a saudação. Ainda que este bem-vindo se submeta ao peso humano, não consigo deixar de persistir na admiração a estes resistentes passivos.

 

Alargo o passo na entrada para não calcar esta estranha confiança. Porque se tornou raro este desejar. Passou a estar definhado na indiferença inconsciente. O bem-vindo é expressão olhada com desconfiança e frieza maquinal.

 

Não me interessa.

 

Existem teimosias dispostas em franja e nas margens. Interessa-me esta natureza insistente de quem não desiste de palavras. Especialmente estas. Mesmo que perdidas no desgaste indiferente. Mesmo que eu próprio raramente as repita.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)







topo | Blogs

Layout - Gaffe