Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

 * Vinter Vindarnas ...*

 

 

É por dias como este que a revelação tolda tudo o que supostamente pensei saber. Um pouco como um reconhecimento de pequenos traços que vão surgindo em silêncio e que preferem a inexistência de palavras para o justificar. Ou tentar explicar. 

 

Lentamente mas em constante e apressado progresso instalou-se a distância. Agora já tudo deixou de provocar um espasmo de espanto, uma leve brisa de emoção sentida. O pior e mais corrosivo dos acontecimentos não suscitou o mais leve dos atritos de indignação ou pacificação. A mente foi varrida e despojada, restando apenas e só as paredes para transportar o eco.

 

Mas creio ter encontrado mais uma justificação para a expressão do que é doloroso. Desconfiado que sou do martelar dos que dizem que a sanidade é possível e que ninguém nasce sem ela. Há o peso de transportar as pinceladas de quem desde cedo se fecha entre os muros do inexpugnável. E é possível sentir o frio que jorra do seu interior. O estado permanente de insatisfação colado aos gestos mecânicos.

 

Torna-se uma grotesca obscenidade que o mais opressivo dos últimos degraus para a demência se revele na crueza dos gritos até que a garganta se recolha e nenhum som consiga encontrar o seu caminho de novo. Um doloroso crocitar invernal e egoísta tomou o comando da voz. Agora que a razão parece finalmente desistir. 

 

Mais vale desistir de tudo, não é? Deixar que se enrole a névoa da despreocupação e do distanciamento.

 

Agora que o último passo foi dado para além da salvação racional. Já que nem sequer os gritos se conseguem ouvir.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)





Arquivo

  1. 2017
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ
  14. 2016
  15. JAN
  16. FEV
  17. MAR
  18. ABR
  19. MAI
  20. JUN
  21. JUL
  22. AGO
  23. SET
  24. OUT
  25. NOV
  26. DEZ
  27. 2015
  28. JAN
  29. FEV
  30. MAR
  31. ABR
  32. MAI
  33. JUN
  34. JUL
  35. AGO
  36. SET
  37. OUT
  38. NOV
  39. DEZ
  40. 2014
  41. JAN
  42. FEV
  43. MAR
  44. ABR
  45. MAI
  46. JUN
  47. JUL
  48. AGO
  49. SET
  50. OUT
  51. NOV
  52. DEZ
  53. 2013
  54. JAN
  55. FEV
  56. MAR
  57. ABR
  58. MAI
  59. JUN
  60. JUL
  61. AGO
  62. SET
  63. OUT
  64. NOV
  65. DEZ
  66. 2012
  67. JAN
  68. FEV
  69. MAR
  70. ABR
  71. MAI
  72. JUN
  73. JUL
  74. AGO
  75. SET
  76. OUT
  77. NOV
  78. DEZ
  79. 2011
  80. JAN
  81. FEV
  82. MAR
  83. ABR
  84. MAI
  85. JUN
  86. JUL
  87. AGO
  88. SET
  89. OUT
  90. NOV
  91. DEZ


topo | Blogs

Layout - Gaffe