Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 " Too Close Enough To Touch ..."

 

 

Existe uma distinta tendência que consome a consciência humana enquanto envelhecemos. Uma dificuldade extrema em aceitar o nosso próprio reflexo. A velhice, estranhamente, não parece pacificar o olhar pessoal; o afastamento da ingenuidade de criança permite que muitos envelheçam na sombra insegura do que realmente se reflecte em nós.

 

Quanto mais se escondem as imperfeições mais imaginativa se torna a vingança deste reflexo. Por isso me sinto bem na companhia dos que aceitam o que são, sempre combatendo a ideia de que não existe salvação. E fico sempre fascinado como certas pessoas lidam com a sua escuridão. Uns lutam para a silenciar, não imaginando que esta é maior, muito maior do as noites frias ou os olhares vazios. Outros, são semelhantes a crianças de passos duvidosos, embriagados pelo brilho que irradia, assustadas pelo seu conhecimento e sem entenderem que existir sem erros e imperfeições é das mais cruéis formas de morte lenta e sem propósito.

Autoria e outros dados (tags, etc)







topo | Blogs

Layout - Gaffe