Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Pergunto, é o desespero algo verdadeiramente errado? A mim sempre me pareceu uma condição natural desde que caminho e tenho consciência. Afinal, não é o que fica após a primeira surpresa de olhar em volta? Senão repetições e a sensação de ficar cada vez mais pequeno? E a quem é que interessa continuar nesta existência? Um qualquer excêntrico? Um crente em paraísos de luz? Eu não. A verdade é que eu tenho sempre ansiado por um pouco de sossego. Porque acho ser merecido e mesmo que fosse uma pequena recompensa por tudo, seria aceite e bem-vinda. Mas não. Claro que não. Começo a achar que as virtudes que me ensinaram na faculdade, das quais os meus pais tanto se orgulham, fazem parte daquele léxico deformado e aberrante. Só somos sensatos porque poupamos os outros aos desgosto de lhes voltar as costas. Quando imaginamos estar a ser responsáveis, estamos apenas e só a ser cobardes idiotas. E sim, o tão famoso realismo que o pai e a mâezinha nos quis incutir desde sempre é apenas uma das mais frias maneiras de evitar as coisas, em vez de as enfrentar .

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Imagem de perfil

De Rii* a 05.07.2014 às 16:26

obrigada, os teus comentários são sempre muito reveladores

Comentar post







topo | Blogs

Layout - Gaffe