Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



E é assim que nós vivemos a vida. Não importa a profundidade da nossa perda. Nem sequer importa a fatalidade e a importância do que tenhamos perdido. Tudo é roubado das nossas mãos, tudo nos modifica de forma violenta e permanente. Mesmo que tudo o que reste se resuma a uma camada de fina pele exterior, frágil e transparente, ainda desta maneira continuamos a viver. Em silêncio. O que resta do nosso tempo não deixa de ter um amargo travo a vazio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Eva a 12.01.2015 às 20:24

sincero e perfeito
Imagem de perfil

De Rii* a 13.01.2015 às 19:30

não podemos deixar de ser amargos de alma isso é algo impossível no ser humano, podemos ser sim brandos uns com os outros e aceitar as coisas como elas são. temos de ser simpatizantes com a nossa própria vida senão para quê existir
(obrigada pelo teu comentário e desculpa a demora da resposta)
Imagem de perfil

De Rii* a 17.01.2015 às 14:26

eu não me sinto obrigada em comentar o teu blog, mas acho que é boa educação responder ao que nos perguntam e agradecer por algo tão generoso.

Comentar post







topo | Blogs

Layout - Gaffe