Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Texto de Alex Castro



"Confesso: eu acredito viver no melhor universo possível.

Não suportaria existir em um universo regido por uma força divina misteriosa e caprichosa.

Não suportaria saber que minha alma viverá eternamente, em eterno prazer ou sofrimento, baseado no que fiz ou deixei de fazer nesses poucos anos terrenos, e com base em critérios inescrutáveis.

Não suportaria saber que vou seguir nascendo e renascendo, quase que infinitamente, mas sem lembrar de nada!

Se existe deus, então a vida não tem nenhum sentido. Quem tem sentido é deus e o nosso sentido provém dele. Não somos mais do que suas cobaias, manipulados daqui pra lá, correndo como hamsters naquelas rodinhas, ignorantes de seus verdadeiros propósitos. Ao seu bel-prazer, somos mortos, escravizados, santificados, até mesmo afogados em massa, quando falha o experimento.

Se existe deus, então todos os esforços da humanidade para se entender e se auto-gerir, toda a ciência e toda a filosofia, de nada valem. Se existe deus, então não existe ética ou moralidade: somente adequção ou não às regras impostas pela divindade.

Se existe deus e temos o livre-arbítrio, então o arbítrio de livre não tem nada, é uma dádiva da qual só desfrutamos porque nos foi concedida e pode ser tirada tão facilmente quanto.

Já disseram que, se deus não existe, então tudo é permitido. Mas se deus existe, por outro lado, então não vale a pena fazer nada, pois nada faz sentido."

 

Nota: não resisti a publicar este texto.

Tags:


8 comentários

Imagem de perfil

vitalux 21.05.2011

Caro amigo, não é aconselhável falar de Deus em vão.São tantas as vezes que o diz que quase parece ser uma ideia fixa ou paranóia.Não se brinca com o Sagrado mas quem sabe talvez suceda algo na sua vida que o faça mudar de ideias.A confiança no «amanhã» há-de vir como o bom tempo após a tempestade.Um novo dia, cheio de coisas diferentes para fazer, a vida mais farta e repleta de gente que se dá ao esforço ou ao prazer daquilo que tem de ser feito.«O que tem de ser tem muita força».Um abraço.
Imagem de perfil

Fleuma 21.05.2011

Caro amigo, não falo do nome de Deus em vão porque nele não acredito. Não concebo a sua existência que assenta apenas na fé. Que para muitos, essa mesma fé, tudo justifique, inclusive acreditar em abstractos, é algo que me transtorna! Crer mais num absurdo e menos no homem, é por si só perturbante, admita.
Ideia fixa ou paranóia será não observar o que nos rodeia: continuamos a matar e a ferir em nome de Deus. Seja Ele qual for.

Não pretendo brincar, sequer troçar do "sagrado", porque nunca me trouxe paz. Apenas desilusão e, aqui sim, entendimento de que sou um homem! Não uma ovelha de rebanho. Cega por uma luz que não aceita incrédulos.

Caro amigo, gosto da minha ateia vida! Tornei-me mais feliz e realizado, pois encontrei respostas!Também faço coisas diferentes, amo e sou amado.
Como vê: ateu mas não amargurado!

Ainda assim, perdoe-me, mas não deixarei de escrever e manifestar-me neste recanto. Mesmo que discorde, quem sabe se, outra visão das coisas, não o ajudará a ser diferente.
Cumprimentos.
Imagem de perfil

vitalux 21.05.2011

Há uma senhora idosa perto de mim,já pelos seus 80 anos e que tem uma lojinha situada na igreja principal da vila.Conta-se a história que seu pai entrou uma vez nesta igreja e, ou transtornado por qualquer coisa ou devido a um excesso de bebida, resolveu pendurar o chapéu no braço de Nossa Senhora.Dizem que esta senhora nasceu sem uma mão como castigo dos seus actos.
Outro homem também cá da vila e que ao tempo de cumprir o serviço militar na Guiné, talvez em 70, fez a partida de esconder todos os sapatos dos fiéis que oravam num mesquita. A sua primeira filha nasceu com atrofia numa perna, ainda hoje não é normal apesar de todos os tratamentos a que foi sujeita.Ela é minha sobrinha.O meu concelho é dirigido nestas perspectivas, de que não seja severamente castigado por actos inconscientes e que podem afectar dramaticamente aqueles que nos são próximos.Até sempre.
Imagem de perfil

Fleuma 22.05.2011

O seu comentário, é uma síntese de tudo, mas tudo, pelo qual não se deve acreditar em Deus: fala-me de um Deus cruel e tirano! Que se vinga de quem nele não acredita?
Percebe que o que escreve é obra da mais pura e inconsolável falta de respeito por si próprio?
Essas eram as ameaças que durante séculos legislaram as mentes e são o fruto amargo pelo que hoje tantas e tantas costas se voltam a Deus.

Já agora, se o "seu" Deus, tirano e cruel para com os que duvidam me castigará, coisa que parece ter conhecimento, se eu for crente em Buda, se nunca tiver tido acesso ao "seu" Deus, serei também castigado? A minha ignorância levar-me-à ao inferno? Ou ao castigo terreno?
Como vê, não se trata de um Deus-pai que perdoa ou é benevolente.
Antes pelo contrário....

O seu "até sempre" significa que não voltará? Que prefere os olhos fechados e o dogma?
Se assim é, até sempre.
Imagem de perfil

vitalux 22.05.2011

Não existem apenas milagres. Também há crime e castigo.Há males que vêm por bem principalmente se nos puserem no bom caminho.Não agir mal, não dizer mal, são conceitos idênticos que elevam o espírito humano.
«Se eu não operar o «mal» quem me condenará?
Imagem de perfil

Fleuma 22.05.2011

Mais uma vez, eu não creio em milagres de Deus. No dia a dia vejo alguns, perpetrados por seres humanos, mas, lamento, nada testemunho de Deus.
E, já agora, pelo seu pensar, para que eu possa ser castigado, por exercer o livre arbítrio que, segundo a igreja, me foi concedido por Deus, sou castigado, mas não directamente. Os que me rodeiam e não têm a culpa pagam por mim? O justo 'pelo pecador?
Se ousou colocar Deus em questão, conceito este criado pelo homem, não esqueça, matarei ou deixarei inválida os que ama? Porquê?!
Imagem de perfil

vitalux 22.05.2011

Como está escrito:«Comeram as uvas verdes e foi aos filhos que se lhes arrebentaram os dentes».É um estigma onde uma planta adulterada não poderá produzir um bom fruto.Porque existem tantos cegos, mudos, surdos e aleijados no meio de nós?Será que há aqui uma questão «kármica» geracional?
A recompensa não deve estar visivel nesta vida o que a acontecer seria notório de toda a gente e assim todos acorreriam á mesma fonte.A diversidade do género humano continuará a existir, muito para lá dos milénios.
Imagem de perfil

vitalux 22.05.2011

também há muita violência nos meus pesadelos.Imagine ser encostado á parede e esmurrado violentamente sentindo em cacos todo um lado da cabeça.Ou estar na presença de ursos e cães polares devorando as suas mãos como se fossem algodão.Ou ainda como um sujeito passando-lhe as nalgas e alguém dar-lhe um tiro e a carne parecer plástico na zona atingida. e ainda subindo bem alto no ar e encontrar uma rede pela qual a sua cabeça atingida não passa, tendo um gigante do qual apenas vislumbra as pernas e uma mangueira com a qual lava uma imensa destruição.E ser levado pelos sovacos perante um tipo de ar medonho que se transforma num disco de corte bem grande e lhe corta cerce as pernas. Ou ter aos pés um balázio enorme que acaba mesmo por explodir. Ou bombas atómicas derretendo a capital, a mulher mamando na piça do outro, etc,etc,etc.A morte seria bem melhor.Afinal é apenas 1 em 7 biliões.No entanto a mensagem não cessa todos os dias a chegar, até ao fim,como última tortura, como um epílogo sem fim e um descer das sombras sobre um futuro que não se deseja.Como se não houvesse mais ninguém...

Comentar post





Arquivo

  1. 2020
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ
  14. 2019
  15. JAN
  16. FEV
  17. MAR
  18. ABR
  19. MAI
  20. JUN
  21. JUL
  22. AGO
  23. SET
  24. OUT
  25. NOV
  26. DEZ
  27. 2018
  28. JAN
  29. FEV
  30. MAR
  31. ABR
  32. MAI
  33. JUN
  34. JUL
  35. AGO
  36. SET
  37. OUT
  38. NOV
  39. DEZ
  40. 2017
  41. JAN
  42. FEV
  43. MAR
  44. ABR
  45. MAI
  46. JUN
  47. JUL
  48. AGO
  49. SET
  50. OUT
  51. NOV
  52. DEZ
  53. 2016
  54. JAN
  55. FEV
  56. MAR
  57. ABR
  58. MAI
  59. JUN
  60. JUL
  61. AGO
  62. SET
  63. OUT
  64. NOV
  65. DEZ
  66. 2015
  67. JAN
  68. FEV
  69. MAR
  70. ABR
  71. MAI
  72. JUN
  73. JUL
  74. AGO
  75. SET
  76. OUT
  77. NOV
  78. DEZ
  79. 2014
  80. JAN
  81. FEV
  82. MAR
  83. ABR
  84. MAI
  85. JUN
  86. JUL
  87. AGO
  88. SET
  89. OUT
  90. NOV
  91. DEZ
  92. 2013
  93. JAN
  94. FEV
  95. MAR
  96. ABR
  97. MAI
  98. JUN
  99. JUL
  100. AGO
  101. SET
  102. OUT
  103. NOV
  104. DEZ
  105. 2012
  106. JAN
  107. FEV
  108. MAR
  109. ABR
  110. MAI
  111. JUN
  112. JUL
  113. AGO
  114. SET
  115. OUT
  116. NOV
  117. DEZ
  118. 2011
  119. JAN
  120. FEV
  121. MAR
  122. ABR
  123. MAI
  124. JUN
  125. JUL
  126. AGO
  127. SET
  128. OUT
  129. NOV
  130. DEZ


topo | Blogs

Layout - Gaffe