Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



 

 

Uma vez, apenas uma vez na vida, não se olhe para a escuridão como nefasta e maligna.

Na noite escura como breu não se caminha de olhos fechados e mãos estendidas e trémulas.

A luz, irmã sensível e iluminadora de caminhos, queima e derrete  a fina membrana que cobre a alma. Pelo escuro caminham  os que já há tanto tempo apaziguaram a sua alma!

A serpente que rasteja, nobre em intenções e maculada pelo prejuízo dos santos, apenas faz companhía ao gato negro. Astuto e maravilhoso ser que vê para além da visão. Que na noite escura caminha silencioso. Ciente da sua estranha magia.

O amor torna-se pleno e sonhador na escuridão densa.

A luz, desperdiçada pelo dia e tão venerada pela clareza dos traços, mais não é que cegueira que provoca  as rugas severas dos santos.

Caminhar por uma qualquer eira, no escuro agreste e húmido, sentindo apenas os paços de botas que pesam, é verdadeiramente, estar em união com a existência pessoal.

Residem nos traços negros da noite as notas que fazem vibrar a alma do sonhador. Onde caminham os pecadores deste mundo ingrato e servo?

Por onde regressam os que pensam, afastados da luz, que a verdadeira felicidade reside na noite? No escuro.

Poetas e filósofos assim amaram. Os que que anseiam pela pedra filosofal que trará o conhecimento eterno, alimentam a escuridão.

 

Tento apenas uma vez. Apenas uma vez na vida. Ver de olhos fechados. Com a alma.

Tags:


1 comentário

Imagem de perfil

vitalux 26.06.2011

Olá.É bem anotada as percepções especiais de alguns animais na sua movimentação no meio-ambiente mais escuro.Para eles é como se fosse dia claro e a nós apenas é permitido especular sobre as razões desta realidade.O «homem» está concebido para funcionar á luz do Sol e este, como se percebe, começa com um símbolo aquático, em que o hidrogénio assume preponderância e assimetria no seu símbolo com as características próprias do ser humano.Não é sensato afirmar que a luz solar não tem afinidade com o hidrogénio contido na composição da água existente no planeta.Do lado escuro todavia parece que existe um sistema halográfico (o tal que coroa os santos), e que é emitido do interior do planeta como resíduo de «calor» e que pode refractar mesmo alguns níveis considerando o poder que a luz tem nas distancias cósmicas que atinge.«A luz, como emissão do fogo (h) deve ter um espectro específico, desvanecente,mas a verdade é que na Terra não se trata de raio mas de calor tão somente.Também se poderia afirmar que o planeta existe numa zona holográfica do Sol e que este pode inundar toda a Terra.Nós seremos influenciados por este sistema enquanto alguns animais, mais terrestres, será certamente a temperatura exterior do planeta a favorecer a sua aptidão excepcional de ver no escuro.

Comentar post







topo | Blogs

Layout - Gaffe