Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



 

O reflexo pessoal ... acho-o distorcido. Não existem as perfeições. Apenas aproximações. Imperfeitas. E existem cópias. Reproduções amorfas que rapidamente se extinguem por absoluta incapacidade de lidar com a realidade.

Conto pelos dedos de uma mão, os que acho realmente passíveis de atenção. E eu não me encontro nessa mão. Mas tudo o resto é grotesco. Hábeis a simular e a julgar. Fácilmente crentes na merda de vida que levam. Rápidamente ciosos do que prega a sua imagem . Copiada, tanto em alegrias mundanas como em banalidades tristes.

Hoje sigo assim, convicto  de que mais vale perder tentando ser predador, do que ganhar, vítima de uma reles imitação de vida.

Ou se calhar eu é que sou omisso de beleza. Apenas isso. Será? E normalmente, quem é imperfeito de beleza, nada acha virtuoso. A distorção torna-se numa imunda certeza. Tudo é opaco. Nada tem cura.

Mas, e se os monstros existem mesmo? E se são os outros? As cópias? Isso será consolador? Não respiro eu, o mesmo ar fétido? Não partilho a mesma existência distorcida?....


5 comentários

Imagem de perfil

nyssa 06.11.2011

muitas vezes, espelhamos nos outros aquilo que na realidade pensamos sobre nós próprios
Imagem de perfil

Fleuma 06.11.2011

Penso de mim, de facto. Não o nego. Não me considero diferente dos outros, não nesse sentido. Mas vê por este prisma, quanto mais conheço as pessoas menos gosto do que vejo. E, sem sombra de arrogância ou presunção, a maior parte é pior do que sou. Talvez por que não conheças a minha vida, te possas permitir duvidar disto. Mas, o que escrevo não é feito por recalcamento. É feito por orgulho. Porque superei situações que não terminaram comigo, apenas por auxilio de um restrito numero de pessoas, esses sim, têm a minha veneração.
Sou observador por natureza. Cínico. Porquê? Porque não encontro qualidades e sorrisos em tudo o que vejo.
Paranóico? Não. Apenas realista. Eu tento encontrar um método para a minha loucura, enquanto a maioria se limita a ser grotesca.
Sem qualquer atitude contra a tua posição. Aprendi a respeitar-te. Gosto da tua frontalidade.
Com o tempo, talvez perdoes como me exprimo. Mas não o sei fazer de outra forma.
Imagem de perfil

nyssa 07.11.2011

Talvez não tenhas percebido exactamente do que falo, apenas fiz o comentário que fiz porque logo no início do que escreveste falas no teu próprio reflexo.
Tal como eu não conheço a tua vida, tu também não conheces a minha. Não exprimi aquilo que penso sobre os outros ou sobre aquilo que vejo quando olho os outros, escrevi aquilo de que já há muito me apercebi. Não estou a dizer que o faças, mas muitas pessoas espelham nos outros os seus próprios defeitos, transferindo-os dentro da sua mente para a imagem da outra pessoa e acusando-a de algo que até pode estar errado.
Não exprimi a forma como vejo as pessoas e a sociedade em geral e não considero que seja algo que se relacione directamente com o que disse em cima.
E não há nada a perdoar, cada pessoa tem o direito de exprimir a suas opiniões, da forma que acha melhor, independentemente do que os outros possam pensar sobre isso.
Imagem de perfil

Fleuma 07.11.2011

Eu também não expliquei bem, creio. Não mudando uma vírgula ao que escrevi no post, devo dizer-te que não sou nenhum misantropo. Cortar as veias de toda a gente é idiota e inútil. Sei apreciar quem me traz algo de positivo. E também não escrevo para que tenham pena ou pensem que sou medonho. Se continuares a ler o que escrevo, verás que muitas vezes não é tragável. Pouco importa. São, como dizes pontos de vista. Nem sempre iguais, na maior parte das vezes digo o que penso, não tentando atingir ninguém em particular. Apenas me desagradam a maior parte das pessoas. Mas também não me acho melhor. Ou pior. Apenas digo o que muita gente pensa e não diz, por ser politicamente incorrecto.
Imagem de perfil

nyssa 07.11.2011

nunca disse que era misantropo e também estou muito longe de me cingir ao politicamente correto. Também me desagradam a maior parte das pessoas, por diversos motivos que dariam para um comentário bastante longo. Não disse que queres que tenham pena de ti, aliás não te julgo, nem quero, e se te deu impressão do contrário então foi algo nas minhas palavras que foi mal expressado.

Comentar post





Arquivo

  1. 2020
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ
  14. 2019
  15. JAN
  16. FEV
  17. MAR
  18. ABR
  19. MAI
  20. JUN
  21. JUL
  22. AGO
  23. SET
  24. OUT
  25. NOV
  26. DEZ
  27. 2018
  28. JAN
  29. FEV
  30. MAR
  31. ABR
  32. MAI
  33. JUN
  34. JUL
  35. AGO
  36. SET
  37. OUT
  38. NOV
  39. DEZ
  40. 2017
  41. JAN
  42. FEV
  43. MAR
  44. ABR
  45. MAI
  46. JUN
  47. JUL
  48. AGO
  49. SET
  50. OUT
  51. NOV
  52. DEZ
  53. 2016
  54. JAN
  55. FEV
  56. MAR
  57. ABR
  58. MAI
  59. JUN
  60. JUL
  61. AGO
  62. SET
  63. OUT
  64. NOV
  65. DEZ
  66. 2015
  67. JAN
  68. FEV
  69. MAR
  70. ABR
  71. MAI
  72. JUN
  73. JUL
  74. AGO
  75. SET
  76. OUT
  77. NOV
  78. DEZ
  79. 2014
  80. JAN
  81. FEV
  82. MAR
  83. ABR
  84. MAI
  85. JUN
  86. JUL
  87. AGO
  88. SET
  89. OUT
  90. NOV
  91. DEZ
  92. 2013
  93. JAN
  94. FEV
  95. MAR
  96. ABR
  97. MAI
  98. JUN
  99. JUL
  100. AGO
  101. SET
  102. OUT
  103. NOV
  104. DEZ
  105. 2012
  106. JAN
  107. FEV
  108. MAR
  109. ABR
  110. MAI
  111. JUN
  112. JUL
  113. AGO
  114. SET
  115. OUT
  116. NOV
  117. DEZ
  118. 2011
  119. JAN
  120. FEV
  121. MAR
  122. ABR
  123. MAI
  124. JUN
  125. JUL
  126. AGO
  127. SET
  128. OUT
  129. NOV
  130. DEZ


topo | Blogs

Layout - Gaffe