Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



São as piores manhãs, as do chão frio e das janelas a ferver. E da luz que que queima impiedosamente. São as manhãs da certeza da alma, de que o dia não poderá ser atravessado mas de alguma forma, terá de ser escalado. Em sentido vertical. E no final, quando chega a hora do sono será, de novo, como voltar a cair de algo muito alto e escarpado.


1 comentário

Imagem de perfil

nyssa 03.04.2014

Sim, decidi voltar.
Acho que só é preciso não voltar a ter vontade de me enfiar dentro de um buraco (figurativamente falando).

Comentar post







topo | Blogs

Layout - Gaffe