Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



  Refraction ,

 

Existe em mim um explícito prazer. Nada me satisfaz mais do que a sensação de ir contra a corrente. Nada consegue superar este pensamento. Fazer de maneira diferente. Encher as minhas sombras com as tintas que escolhi. Vale cada segundo poder observar a expressão de quem acha conhecer-me profundamente e assim prever o que farei. E quando mostro o que decidi e irei fazer, as expressões mudam. É quase possível cheirar o seu desapontamento. Existe uma chama que se apaga. Ficam as cinzas do desapontamento.

 

Não tenho preconceito em relação ao ódio. Meu e dos outros. Quem julga comandar raramente me aceita. E é vital que eu demonstre isso mesmo. Não sou ingénuo ao ponto de não o saber. O ódio é uma emoção de força e que em muitas ocasiões me ajudou. Irá ajudar. Por isto não me interessam os ódios e as chispas dos outros. Confunda-se da maneira que se queira. Ódio, desprezo ou egoísmo. Eu não peço perdão a nenhuma alma! Porque deveria pedir? Se nem a mim próprio peço.

 

A minha felicidade, por escassa que seja, é preciosa. É demasiado rara. E está fechada a sete chaves. Apenas quem eu quero consegue abrir certas portas. Isso é uma verdade inegável.


3 comentários

Sem imagem de perfil

longitudes 18.04.2016

Venho aqui em silêncio. Transbordas emoções... Gosto de te ler.
Abraço.
Imagem de perfil

Rita 03.05.2016

Obrigada pelo teu comentário.....
"A minha felicidade, por escassa que seja, é preciosa. É demasiado rara. E está fechada a sete chaves. Apenas quem eu quero consegue abrir certas portas. Isso é uma verdade inegável.".... pura verdade, é um vida
Imagem de perfil

Rita 05.05.2016

não precisas de agradecer e não é trabalho nenhum comentar um blog que gosto de ler .....

Comentar post







topo | Blogs

Layout - Gaffe