Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



 

 

 

Accept reclining spirit I need to endure ,

 

 Um dos pequenos prazeres que descobri. Creio que valorizo pequenas coisas. Fricções da alma. Ardem e consomem. Pequenos momentos que, para meu espanto, nunca se repetem. Ainda que se propaguem e se pareçam idênticos. É um pouco como sábias manobras ditas mágicas e que apenas nós, eu, sabemos, sei, o segredo.

 

Gosto de te observar em escuridão. Porque sei que assim parece sinistro, deixo que adormeças e fico a observar-te. Sem barulho. Enquanto dormes, escuto a tua respiração suave. Relembro sempre as águas calmas do Norte. Quando não há gelo nem vento agreste. Sei como isso consegue pacificar-me. Muitas vezes, sentado e com os cotovelos nos joelhos, na zona mais escura do quarto duvido de tudo.

 

Receio que seja mais uma ilusão. Um sonho raro e incapaz de vingar em mim. Sei que sou egoísta a este ponto. Retendo cada pinga da tua saliva em mim. Saboreando os teus dedos e supremo egoísmo , respirando o teu dormir. Sendo capaz de esvaziar tudo o resto. Já não é a primeira vez que quando se dá o despertar deste transe, lá fora e através da janela, consigo ver o amanhecer. Noites inteiras em pálidos reflexos. Obstinado em ser silhueta na escuridão. Saciado apenas com a tua sonolência e respirar suave. Tranquilo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Imagem de perfil

De Rii* a 11.05.2016 às 21:59

obrigada pelo teu comentário....através da tua escrita eu reconheço o pequeno ser que sou, o que envolve e se fantasia.
obrigada

Comentar post







topo | Blogs

Layout - Gaffe