Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



 

Eu...

 

(999)

 

Deveria já estar habituado ao panorama humano do sexismo patriarcal, do abcesso que justifica a incapacidade do reconhecimento de quem envelhece e é destronada por sangue mais fresco, bradando injustiça e exigindo pedidos de desculpa - porque afinal é mãe e pretende provar o improvável: que a curva da idade não desce. Que ainda é uma força da natureza de topo.

 

Não estou.

 

Justificaria a minha incapacidade de aceitação. De aceitação, mesmo que piedosa, de quem se recusa a aceitar a derrota estampada nas evidências, dedo em riste, reduzindo a cinza o valor da sua oponente; mesmo que no cardápio desse dia se registe a sua humilhante derrota, falta de educação desportiva e a cretinice arrogante de alguém que não aceita inevitabilidades.

 

Não justifica.

 

A inconsequência humana é um asilo de velhos e velhas senhoras. Uma merda que sempre se reveste no prejuízo de quem se acha acima das leis da cínica natureza. Gosto dos que tentam iluminar as esquinas mais duvidosas e se apresentam sempre sabujos de ideias premeditadas como os biscoitos de nata da avozinha; a queda dos ídolos é sempre, mas sempre acompanhada por quem gosta de carpir sexismo, roubo injusto e ameaças veladas.

 

Bocejos.

 

Do discurso amargo da derrota só não constou a palavra da moda: racismo. Porque afinal, quem levantou o pé e esmagou sem apelo, é também meia negra. Imagino se fosse da minha cor! Voltou-se então a elite bem pensante e culta a transbordar "ai Jesus!" para o humor desenhado. Porque a caricatura nunca foi exagerar traços ao ponto do grotesco e com isso afirmar que nada, nada está acima do humor! Todos somos alvos. Gostemos ou não. Chama-se liberdade de expressão! Mesmo que desagrade ao terrorista e seu profeta, que pede cabeças e massacra editores em pleno local de trabalho. Ainda que muito aparente aborrecer quem determina o que é liberdade para si e pense fazer o mesmo com os outros.

 

* Suspiro!

 

Tudo causado pela incapacidade de vislumbrar incompetência pessoal.

 

Culpe-se o mundo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Isa a 14.09.2018 às 19:48

Pô! O melhor texto que li sobre o assunto, cujas críticas ao árbitro e justificações ao comportamento daquela criatura, a servirem para alguma, servirão somente para se manter a dieta, de tanto que induzem ao vómito.

Parabéns grande Fleuma.

Cá abraço!
Imagem de perfil

De Fleuma a 16.09.2018 às 11:35

A mim, neste caso, apenas me cabe agradecer este comentário, que saído desse teu crivo é no mínimo, portador de alguma esperança no meio de tanta e tanta ignorante justificação para uma derrota merecida.

Já agora, também li o que escreveste e por isso, continuo esperançoso de que ainda exista alguma salvação para todos nós.

Abraço!

Comentar post







topo | Blogs

Layout - Gaffe