Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


 

Vernal Equinox

 

Sinto-me extraordinário. Mesmo não sabendo porquê. Ainda que consumido na frágil ideia de que alguém se encontra a salvo. Uma vez mais. Como se certas revelações se tornassem portentos para mais um dia, preços a pagar bem mais altos do que o isolamento e a distância. 

Não existe droga ou remédio para aplacar certos compassos de espera. É quando a  escrita, quase trémula de antecipação, se veste como agasalho perante a falta de vigor da fala. Uma obrigação! Quando se pensa não voltar a certas escarpas.

Um sorriso na expressão. Uma alteração aos meus olhos. Quase me sinto envergonhado pela ousadia de vampirizar uma gargalhada na face outrora criança - agora mais sábia. Atrozmente mais semelhante. Ainda pouco estendida no esquisso de algumas sombras.

Algures, pela surdina, o meu erro foi cometido. O pórtico ficou entreaberto e a fragilidade das tuas batalhas tomou conta de mim. Cada momento de solidão e distância guardam a ânsia de pousar no ombro de quem descansa na vitória de mais um dia de vida. Só por isso consigo embalar o teu respirar. 

Talvez seja por isso que me sinto extraordinário.

 

 

 

 

 

 

 

 

 






topo | Blogs

Layout - Gaffe