Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



 

Lembro-me perfeitamente quando visitei a Rússia pela primeira vez e o esmagamento que senti quando testemunhei todo o portento deste coro russo e a magnitude desta obra.

Já mais do que uma vez voltei a assistir e sempre, sempre permanece uma opressiva sensação de esmagamento e espanto.

Na capacidade de criar música sem instrumentos.

No espanto  de um ateu, capaz de se deslumbrar com a espiritualidade monumental.

E imaginar que na inspiração de Tchaikovsky reside a mente de um Deus.

Sabendo que  não existe nação como a Russa para criar hinos.


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.







topo | Blogs

Layout - Gaffe